Receptores piratas podem roubar dados Primeiramente Não, o receptores pirata não vai roubar os dados de quem esta usando pelo simples motivo voçe não passa ou da nenhum tipo de acesso a ele. isso é uma atitude desesperada das operadoras para intimidar os clientes a não querer nem saber do sistema.

 Não é novidade alguma para quem possui (ou não) uma operadora de tv paga em sua casa, que passaram nos últimos dias a circular alguns comercias visando em si ”alertar” (atacar) em tese os assinantes de tv paga sobre os ”supostos” riscos que os mesmos cometem ao migrar para o uso de receptores via satélite paraguaios. Entre os riscos apontados, um em si chamou a atenção de muita gente, o que diz que usuários de receptores ”PIRATAS” (como descrito no comercial) tem os seus dados roubados. Seria essa uma verdade, ”Receptores ”PIRATAS” estão roubando dados de seus usuários?”. E a resposta de fato a essa pergunta está em outras, as ”quantos casos foram registrados até hoje de pessoas que usaram um Azamerica da vida e tiveram algum de seus dados roubados?” e, ”você já viu na tv alguma reportagem falando que alguém foi vitima disso?”, OBVIO assim então que não! O que há na verdade é sim, uma verdadeira estratégia apelativa, das operadoras de TV paga de colocarem medo nos seus assinantes quanto ao uso desse tipo de equipamento, para que assim os mesmo pensem isso e nunca cogitem cancelar suas assinaturas por causa de um equipamento desse tipo. Longe assim então também de estarmos dizendo ou incentivando que alguém deve no Brasil adquirir um equipamento desses. Mas que a verdade seja dita, receptores piratas como são conhecidos no Brasil, nada mais nada menos que são, receptores via satélite legais no Paraguai, logo não roubam dados de ninguém que os usa, afinal se fizessem isso o próprio governo Paraguaio já tinha caçado suas licenças de atuação no pais. Sendo assim, sim as operadoras de TV paga brasileiras estão infelizmente mentindo e enganado seus assinantes, o que é por sinal bem feio e apelativo claro. Enfim, espero ter sido claro.

Categorias: Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.